Fórum interpretativo dentro do universo de Saint Seiya.


    Missões - Sawyer.

    Compartilhe
    avatar
    ADM Sawyer de Leão
    Cavaleiro de Ouro
    Cavaleiro de Ouro

    Mensagens : 73

    Status
    Nível: 4
    HP/Cosmo: 650/650
    Sentidos: 7º Sentido

    Missões - Sawyer.

    Mensagem por ADM Sawyer de Leão em Ter Ago 15, 2017 2:06 pm

    Solicito uma missão.


    __________________________________

    avatar
    ADM Cecilia de Griffon
    Juiz do Inferno
    Juiz do Inferno

    Mensagens : 98

    Status
    Nível: 5
    HP/Cosmo: 850/850
    Sentidos: 8º Sentido

    Re: Missões - Sawyer.

    Mensagem por ADM Cecilia de Griffon em Ter Ago 15, 2017 10:14 pm

    O Rugido do Leão Dourado.

    Em uma era onde os cavaleiros de Athena ainda eram guerreiros escassos, a escuridão esgueirava por cada pequena fresta a procura de ganhar seu espaço. Era uma época em que a fé na Deusa da Justiça precisava ser restaurada a qualquer custo. Os santos dourados de Athena por sua vez, viam suas atribuições aumentarem cada vez mais, precisavam proteger as doze casas que não contavam com todos seus protetores, ainda havia a incumbência de auxiliar muitos treinos uma vez que aspirantes começavam a surgir. Não era viável que nenhum cavaleiro de ouro deixasse o Santuário, porém muitas vezes a necessidade se fazia muito maior. Sawyer havia sido convocado com extrema urgência naquela manhã ao Salão do Grande Mestre, um chamado que abriu seu caminho facilmente pelas casas ocupados pelos outros cavaleiros.

    A missão era simples e clara, resgatar uma dupla de cavaleiros que haviam sido capturados pelos soldados de Hades. Todavia, a missão não seria tão simples, o provável espectro que havia detido os guerreiros era um guerreiro habilidoso e capaz de invadir a mente de seu oponente, seria necessário muito mais do que força do leão para vencer aquele desafio e trazer os dois jovens cavaleiros ainda com vida para o santuário.

    Objetivos: Primordialmente o resgate dos cavaleiros de prata raptados. Haverá um combate com um espectro de sua escolha, a batalha deve ser vencida não somente com força física, mas também de uma maneira inteligente.

    - Seu oponente é um especialista em ilusões e manipulação mental. Suas lembranças são seus maiores inimigos, lembre-se disso.

    - Há civis nas casas da pequena vila, tome cuidado para que inocentes não se machuquem durante a luta.

    - Narre como encontrou os garotos e o estado em que os encontrou. Para finalizar salve ambos.

    Boa Sorte


    __________________________________

    She seems dressed in all the rings...

    ''She is everything and more, The solemn hypnotic, My dahlia, bathed in possession, She is home to me, I get nervous, preversed, When I see her, it's worse, But the stress is astounding, It's now or never, She's coming home... Forever
    avatar
    ADM Sawyer de Leão
    Cavaleiro de Ouro
    Cavaleiro de Ouro

    Mensagens : 73

    Status
    Nível: 4
    HP/Cosmo: 650/650
    Sentidos: 7º Sentido

    Re: Missões - Sawyer.

    Mensagem por ADM Sawyer de Leão em Sex Ago 18, 2017 4:29 pm

    Fiz algumas adaptações no enredo, espero não ter comprometido o propósito da missão.







    O rugido do Leão Dourado


    Quinta casa, leão – Santuário de Athena.


    - Senhor Sawyer, o Grande Mestre solicita sua presença imediatamente. – Anunciou um dos mensageiros de Allister, o Grande Mestre do Santuário.



    - Outra vez? Droga... Isso é um saco! – Resmungou o cavaleiro de ouro de leão.

    Eram as primeiras horas do dia, o sol iluminava as doze casas do zodíaco,
    caminho pelo qual Sawyer teria que passar até se encontrar com o governante do reino. Sobre o seu corpo estava a sagrada armadura de ouro de leão acompanhada de uma capa branca. Era comum entre os cavaleiros de ouro trajar suas vestes de batalha durante todo o dia, afinal nunca se sabe quando ocorrerá uma invasão.

    O trajeto foi deveras rápido, até porque havia poucos cavaleiros de ouro e, além disso, como era um chamado urgente do Grande Mestre, seu caminho foi livre de impedimentos ou interações desnecessárias.

    Quando adentrou ao imenso salão, notou que sentado em seu trono vestindo o elmo dourado que o representava, estava o Grande Mestre á sua espera, caminhou então lentamente pelo tapete vermelho e, quando estava diante de Allister ajoelhou-se e curvou sua cabeça ( ele odiava fazer aquilo).



    - Eu, Sawyer de Leão venho em resposta ao seu chamado, Grande Mestre.  – Apresentou-se.



    - Muito bem Sawyer! Preciso que você resgate dois cavaleiros de prata que foram pegos pelo exército de Hades enquanto investigavam um possível ponto de encontro de espectros na Itália. É uma missão de extrema importância, não vejo alguém mais competente para executá-la! Você deve partir imediatamente! Leve alguns cavaleiros de bronze e prata se achar preciso.  – Explicava o teor da missão com um tom de voz preocupado.  



    - Não se preocupe, posso buscar estes moleques sozinho! – Limitava-se a responder  antes de se levantar e caminhar em direção a saída.



    “ Estes cavaleiros de prata, vivem se metendo em confusão! Até parece que eu sou babá deles... Isso é realmente um saco!” – Refletia enquanto cruzava a porta. Voltaria até a quinta casa para arrumar suas coisas antes de partir rumo à Itália.

    ____________________________________


    Em algum vilarejo, na Itália.


    Finalmente havia chegado até seu destino, percorrera um longo e demorado caminho até adentrar naquele vilarejo. Caminhava pelas ruas de pedra trajando sua armadura de couro usada para treinamento por cima de uma camisa branca sem mangas e calças da mesma tonalidade. Em suas costas, coberto por um manto de seda branco estava à urna da sagrada armadura de ouro de Leão.

    O lugar parecia pacífico demais aos olhos esmeralda do santo. Os únicos barulhos que se ouvia na rua era o som da brisa que tocava sua pele e dos moradores que cochichavam com um temor aparente em seus rostos, algo muito estranho.



    “Qual é a desse pessoal? Todos parecem assustados e não é com a minha presença...” – Foi quando notou bem no centro do vilarejo uma catedral com as portas abertas e de - repente o som de um órgão reproduzindo uma melodia triste tomou conta de todo o lugar.



    “Mas o que diabos está acontecendo aqui?!” – Começou a caminhar em direção á catedral até que finalmente adentrou-a  e foi quando algo extremamente inesperado aconteceu.

    De pé encima do altar estava sua falecida mãe com os braços abertos e um sorriso no rosto, esperando por seu filho.  Um arrepio subiu por toda sua espinha, seus batimentos aceleraram, seus olhos cheios de lágrimas estalaram, não podia acreditar no que via.



    - O que é isso?! Ma... Mãe? – dizia espantado.



    - Venha Sawyer, sou eu! Finalmente eu te encontrei! Tenho te procurado por tanto tempo, meu filho... – Respondia.

    Começou então a caminhar em direção á sua mãe até que finalmente a abraçou. Aquele abraço era tão quente e cheio de ternura que, não pôde evitar que lágrimas escorressem por seus olhos. Foi então que, após interromper o abraço por um momento, sua mãe o olhou dentro dos olhos, dessa vez, porém com uma expressão de ódio e depois levou suas duas mãos ao pescoço de Sawyer o enforcando com muita ira.



    - Porque você nos abandonou Sawyer? Você deveria vingar nossa morte, mas ao invés disso nos esqueceu e dedicou sua vida á uma deusa que sequer se deu ao trabalho de salvar a minha vida e a de seu pai. VOCÊ PRECISA PAGAR POR ISSO COM SUA VIDA!  

    O jovem espantado, nada podia fazer. Não conseguia entender o que de fato estava acontecendo ali, mas sabia que aquela de pé á sua frente definitivamente era sua mãe e se, ela dizia que ele deveria morrer ali, esperaria pela morte sem questionar.

    Foi então que, quando seus sentidos já estavam sendo perdidos e sua visão começava a ficar turva, notou que quem o estava enforcando na verdade era um homem com uma armadura negra, um dos espectros de Hades.  



    “ Droga! O que é isso?!” – Ao notar que estava perecendo pelas mãos de um inimigo, elevou seu cosmo de forma violenta gerando uma poderosa corrente elétrica que fez com que o espectro o largasse e se afastasse. Sawyer caiu de joelhos ofegante enquanto o encarava e tentava recuperar o ar.



    - Quem é você, seu maldito?! Como ousa se passar por minha mãe! – Dizia ainda espantado e com dificuldades para respirar.



    - Impressionante...  Você é o primeiro que consegue sobreviver ao meu golpe, geralmente quando percebem a ilusão já é tarde demais!  Quem eu sou? Isso é relativo, não acha Sawyer de Leão?! Veja só, á poucos segundos eu era sua mãe... Alguns dias atrás eu era Athena guiando dois estúpidos cavaleiros de Prata, quem sabe o que eu serei á seguir, não é mesmo? – respondia com um sorriso sádico.



    - Seu verme! Eu juro que vou matar você! – Voltou á elevar seu cosmo fazendo com que, em resposta á essa elevação a urna dourada em suas costas se abrisse e revelasse a armadura de leão em sua forma original que em seguida se desmontava e como em um passe de mágica as partes vestiam seu corpo uma á uma.



    - Receba... LIGHTNING BOLT! – O golpe desferido pelo leão atinge em cheio o espectro que é lançado para longe. Sawyer então caminha em sua direção para desferir o golpe final.



    - Sua forma de lutar, ela é... É imperdoável! Irei arrancar sua cabeça, seu miserável! – Ao chegar diante do corpo do soldado das trevas, o leonino elevou uma de suas mãos se preparando para decapitar seu alvo quando este novamente toma a forma de sua mãe.



    - O que foi Sawyer? Não é capaz de matar sua mãe não é mesmo? Mesmo sabendo que não passa de uma ilusão! Como vocês são patéticos, cavaleiros de Athena. Pois bem, agora observe como sua mãezinha arranca seu coração sem nenhum pudor!



    Nesse momento, Sawyer gera uma poderosa quantidade de eletricidade em seu punho e desfere contra seu próprio peito causando uma potente descarga elétrica danificando inclusive suas células, com a dor da descarga, o leonino pôde ver claramente o espectro em sua forma verdadeira por alguns segundos.



    - Não ouse utilizar a forma de minha mãe outra vez, seu verme... MORRA! LIGHTNING PLASMA!  - Conjurava sua técnica mais poderosa.



    - ISSO É IMPOSSÍVEL! Você feriu gravemente seu próprio corpo só para poder me atacar! Maldito seja Sawyer de Leão... – Dizia o espectro antes de ser consumido pelo potente golpe do leão dourado e cair já sem vida no solo.



    - Hey  senhor Sawyer, aqui embaixo, estamos aqui! – Pôde ouvir a voz dos cavaleiros presos em um calabouço na catedral. Com muita dificuldade, desceu até o local e percebeu que por algum motivo estavam vivos e apenas com alguns ferimentos leves, talvez Hades planejasse algo para eles, então os libertou.



    - Se... seus moleques estúpidos! Voltem ao santuário imediata... men...te... – Dizia antes de perder a consciência devido á poderosa descarga elétrica que havia recebido diretamente em seu corpo. Os jovens então, tomaram o corpo do cavaleiro em seus braços e o levaram de volta ao santuário, local onde chegou ainda desacordado e fora levado imediatamente para a enfermaria para tratar de seus ferimentos.






     


    __________________________________


    Conteúdo patrocinado

    Re: Missões - Sawyer.

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom Out 22, 2017 1:14 pm