Fórum interpretativo dentro do universo de Saint Seiya.


    Novas Lendas - Argeu

    Compartilhe
    avatar
    MOD Argeu de Pégaso
    Cavaleiro de Bronze
    Cavaleiro de Bronze

    Mensagens : 36

    Status
    Nível: 6
    HP/Cosmo: 550/550
    Sentidos: 6° Sentido (V. Som)

    Novas Lendas - Argeu

    Mensagem por MOD Argeu de Pégaso em Ter Set 12, 2017 10:07 am

    Saga - As Torres Gêmeas.





    Argeu de Pégaso


    A muito tempo atrás, existiam dois irmãos, Pollux e Castor, de pais diferentes. Pollux era filho do grande Zeus, mas Castor, por sua vez, era apenas filho de um mortal. Com o findar de Castor, seu irmão pediu a seu pai que desse a ele a mesma imortalidade que o banhava e assim criou-se a constelação de gêmeos.

    Desde de os tempos mais antigos, irmãos idênticos partilham de um destino determinado. Um trilha o caminho do mal e o outro o da justiça.


    12 de Fevereiro, doze horas e trinta e três minutos.


    - Vamos! Corra! Esta sangrando! Acho que a bolsa estourou! - Berrava um homem enquanto carregava sua esposa até sua charrete, junto aos seus pais, que já possuíam uma certa idade.

    O caminho foi dolorido, mas chegaram até a casa da parteira mais famosa na região da Grécia, não possuiam dinheiro, mas ela era uma velha amiga e fazia questão de realizar aquele trabalho.

    - Coloquem ela aqui! - Fala apressadamente, mas com certa calma, como se já tivesse feito aquilo inúmeras vezes - Respire fundo e olhe nos olhos Suyuki! - Suyuki era o nome da grávida.

    O homem, senhor Tezuka, estava nervosa, mas tentava demonstrar calma ao segurar a mão de sua esposa, que parecia ter adquirido uma força absurda, mas ao mesmo tempo o cheiro de sangue lhe causava enjoos.

    Ouviam-se gritos por toda a parte, a dor de um parto era uma grande maldição. Culpa de Eva!


    Alguns minutos depois


    - Lindas crianças! Se parecem com o pai! - Dizia a parteira ao olhar para os dois meninos gêmeos, um nos braços da mãe e outro nos braços do pai.

    - Argeu e Ergeu! - Dizia a mãe nomeando seus filhos com um sorriso no rosto. Seu corpo estava suado, ao passo que seus cabelos grudavam no suor de sue corpo. O cheiro de ferro, do sangue, ainda causava náuseas em Tezuka, no entanto estava ocupado demais sendo feliz com seu filho no colo.

    "Esse têm algo de estranho" - Pensou a senhora que fez o parto.

    - Muito Obrigado, Antemis! - Dizia o pai - Agora preciso ir trabalhar, mas fique com ela aqui até se recuperar.


    Caverna próximo a cidade, as uma hora e quarenta e quatro minutos



    - Então eles nasceram!? - Perguntava um senhor com cabelos brancos, carcunda e cego a seu cachorro.

    - Sim mestre, é o que parece! - Respondia o cachorro.


    Aquele homem era Espitácio, um velho bruxo que se isolou da civilização, pois não entendia sua forma de pensar. Ele acreditava que nasceria um "messias" que guiaria a humanidade para um lugar melhor, porem esse Homem seria completamente oposto aos padrões vigentes, uma verdadeira antítese contemporânea.

    - Nosso mestre nasceu, nascido de um ventre humilde, com seu irmão gêmeo o qual terá que se livrar para realizar a mudança! - Sorria o velho.

    - Sim mestre! Nosso salvador ira guiar nosso mundo para um lugar melhor e assim poderemos reformular os homens maus! -"Latia" o cão.

    - Só precisamos deixa-lo crescer! - Terminou Espitácio.



    Sete anos depois



    - Ergeu! Vamos lá no lago! - Chamava seu irmão, o jovem Argeu.

    Os dois eram bem parecidos; cabelos azuis e bem grandes comparados aos meninos de sua idade.

    Todos os dias brincavam na beira do lago Egeu. Adoravam correr e atirar pedras na agua. Tudo ocorria bem, como todos os dias, mas as coisas mudaram quando um senhor encapuzado apareceu boiando no lago. O primeiro a ver foi Ergeu, que pulou rapidamente para salva-lo.

    - O SENHOR ESTÁ BEM! - Dizia Ergeu e Argeu preocupados.

    - Kof Kof - Tossia água o senhor que acordava lentamente.

    - Obrigado meus jovens! Vocês me salvaram! Como se chamam? - Perguntava o homem já sentado.

    - Eu sou Argeu! - Respondia com um sorriso - e esse é meu irmão, Ergeu - Ergeu era bem quieto e tímido - e você quem é?

    - A sim! Eu? - Fez uma pausa - me chamo Espitácio.






     


    __________________________________

    avatar
    MOD Sayuki de Benu
    Estrela Celeste Maior
    Estrela Celeste Maior

    Mensagens : 44

    Status
    Nível: 4
    HP/Cosmo: 650/650
    Sentidos: 7º Sentido

    Re: Novas Lendas - Argeu

    Mensagem por MOD Sayuki de Benu em Ter Set 12, 2017 8:04 pm

    Avaliação:Não encontrei erros muito aparentes no texto, ao menos nada que pudesse atrapalhar o entendimento do mesmo.

    So uma dica na proxima, com relação a fonte vermelha, não use o código de negrito, pois fica quase impossível de enxergar a mesma.

    +1 Nível adicionado ao personagem


    __________________________________

    avatar
    MOD Argeu de Pégaso
    Cavaleiro de Bronze
    Cavaleiro de Bronze

    Mensagens : 36

    Status
    Nível: 6
    HP/Cosmo: 550/550
    Sentidos: 6° Sentido (V. Som)

    Re: Novas Lendas - Argeu

    Mensagem por MOD Argeu de Pégaso em Qua Set 13, 2017 7:58 pm

    Saga - As Torres Gêmeas.





    Argeu de Pégaso


    Pegaram o senhor e levaram-no até uma casinha abandona que brincavam. Estavam bastante curiosos para saber quem era aquela figura peculiar.

    - Como o senhor foi parar lá? - Indagava Argeu.

    - É que eu estava em meu barquinho, mas ele bateu em uma rocha e afundou - Vez uma pausa - Preciso achar o cão! - Terminava.

    Eles ficaram curiosos para saber que cão era esse, mas logo a atenção se voltou para a hora.

    - Argeu - Evocou Ergeu - Temos que ir, pois mamãe esta esperando! - Ergeu sempre se comportou como um irmão mais velho,afinal era, pois "saiu" primeiro.

    - O que faremos com ele! - Perguntou Argeu.

    Neste momento um grande estrondo ecoou, parecia que algo havia atingido a cidade.


    Alguns minutos antes


    - Mestre! Temos que matar aquelas crianças rapidamente - Falava um homem que trajava uma armadura negra de aspecto frio e morto, enquanto esmagava com os pés a cabeça de um homem que estava desmaiado na rua.

    - Iremos! - Esbravejava outro homem que parecia o líder ali. Também possui uma armadura negra como a noite e em seu pescoço um colar feito com crânios de crianças.

    Eles estavam atacando a cidade em busca de Argeu e Ergeu, mas não o encontraram. Começaram a destruição, até que encontraram os pais dos meninos.

    - Onde estão as crianças?! - Gritou com raiva o líder segurando Tezuka pelo pescoço.

    - Nunca contarei! - Disse Tezuka com dificuldade, pois aqueles homens possuíam uma força fora do comum.

    - Então eu matarei todos aqui - Disse o lider - Adão! - Chamou o seu lacaio - Mate todos!

    Sem pestanejar, um sorriso apareceu no rosto do homem chamado Adão e logo ele abriu suas mãos e as veias de seus braços estufaram-se, um brilho formava pigmentos de uma luz roxa bem no centro de sua mão e sem demoras ele lançou o que parecia uma esfera em direção a algumas casas, o que ocasionou uma enorme explosão.


    Agora


    - Mamãe! - Gritou Argeu que saiu correndo em direção a cidade.

    Ergeu pegou o mais velho e levou consigo, já que o mesmo não queria ficar sozinho.

    "Então eles já vieram, preciso que o cão chegue logo!" - Pensava o velho.


    Argeu corria e pensava o que poderia ser aquilo, porem mais importante, como estavam seus pais?

    Chegando a cidade avistou uma total desolação, seus olhos se arregalaram, ninguém era visto. Sua primeira reação foi correr até sua casinha e a cada esquina que virava seu coração doía.

    - Largue meu pai! - Gritava ele chorando ao ver seu pai nas mãos do espectro.


    - Ora! Ora! Acho que não precisarei procurar. Só falta mais um! - Disse o homem que segurava Tezuka.

    Antes que Argeu pudesse se mexer, Adão apareceu em sua frente em um piscar de olhos e levantou os braços para o acertar, sua curta vida passou como um filme diante de seus olhos, mas antes que pudesse acertar, um brilho dourado que cortava toda aquela escuridão irritava seus olhos e de longe um imponente grito.

    - Outra Dimensão!



     


    __________________________________

    avatar
    MOD Sayuki de Benu
    Estrela Celeste Maior
    Estrela Celeste Maior

    Mensagens : 44

    Status
    Nível: 4
    HP/Cosmo: 650/650
    Sentidos: 7º Sentido

    Re: Novas Lendas - Argeu

    Mensagem por MOD Sayuki de Benu em Ter Set 19, 2017 8:16 pm

    Avaliação:Alguns erros de concordância e posicionamento de palavras foram encontrados. Aconselho que se atenha esses pequenos detalhes visto que os mesmos acabam dificultando a leitura. E agradeço por ter mudado a coloração vermelha das falas, a leitura tornou-se muito mais prazerosa.

    Sem mais é algo agradável de ler e esta apresentando uma história magnífica.


    +1 Nível adicionado ao personagem


    __________________________________

    avatar
    MOD Argeu de Pégaso
    Cavaleiro de Bronze
    Cavaleiro de Bronze

    Mensagens : 36

    Status
    Nível: 6
    HP/Cosmo: 550/550
    Sentidos: 6° Sentido (V. Som)

    Re: Novas Lendas - Argeu

    Mensagem por MOD Argeu de Pégaso em Qui Out 05, 2017 1:01 pm

    Saga - As Torres Gêmeas.





    Argeu de Pégaso


    Um emaranhado de sentimentos se apossaram de Argeu. Seu estomago parecia que iria explodir, seus sentidos alertavam e seus pelo arrepiavam. Devagar, olhou para trás e viu um brilho sem igual. Em um caminhar breve e imponente, um homem que vestia uma armadura reluzente, banhada no mais puro ouro, transpirava paz e ao mesmo tempo respeito.

    Um forte vento começou a correr, as finas roupas de Argeu balançavam em direção ao norte, mas o que seria aquilo? O seu se rasgou e um enorme fenda, que mais parecia um olho, se abriu bem atrás do homem que estava preparado para retirar a vida do menino. Antes que pudessem piscar, o buraco "engoliu" o homem e logo se fechou. Tudo voltou a ficar em paz.

    "O que foi isso?"

    - Olá meu jovem, agora está tudo bem - Disse o homem com roupa dourada sem ao menos olhar para Argeu. Logo virou para quem estava segurando o senhor Tezuka  - Um lacaio como se metendo com humanos assim? - Nesse estante, o espectro soltou o homem e num bater de asas sumi para o horizonte.
     

    Alguns minutos depois


    - Esta tudo bem sim! - Respondia, Tezuka, a pergunta do cavaleiro, enquanto se limpava - Mas cade seu irmão, Argeu?

    O olhar do menino grudava na linha que dividia o céu da terra, como se tivesse esquecido de algo importante. Levantou-se rapidamente, porem antes que pudesse fazer qualquer alarde, Ergeu surgiu carregando o senhor mais velho.

    - O que aconteceu aqui? - Perguntou Ergeu sem entender nada.

    "Um cavaleiro de ouro? Isso não vai me ajudar muito" - Pensava o velho ao analisar a armadura dourada.

    - O que é você? - Perguntou Argeu para o dourado.

    - Sou um Guerreiro que luta pela paz da terra

    - Nossa que irado! Um dia irei ser um também

    - Paz da Terra? Não sei que Paz - Surrou Ergeu, mas quase ninguém ouviu, a não ser o próprio cavaleiro que ignorou.

    Depois de algumas horas em que eles ficaram andando pela vida para ajudar o máximo de pessoas possível. Foram para casa dos irmãos, o cavaleiro contou algumas histórias para os meninos. Enquanto Argeu, ficava super feliz e emocionado. Ergeu se mantinha indiferente a tudo aquilo.

    Auuuuuuuuuuuuuuuuu

    Ouviu-se um ruivo, era o cão.

    "Tomara que esse cavaleiro vá embora, falta pouco para entrar em ação"





     


    __________________________________


    Conteúdo patrocinado

    Re: Novas Lendas - Argeu

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom Out 22, 2017 2:09 pm