Fórum interpretativo dentro do universo de Saint Seiya.


    Missões - Raj de Virgem

    Compartilhe
    avatar
    Raj de Virgem
    Cavaleiro de Ouro
    Cavaleiro de Ouro

    Mensagens : 24

    Status
    Nível: 3
    HP/Cosmo: 650/650
    Sentidos: 7º Sentido

    Missões - Raj de Virgem

    Mensagem por Raj de Virgem em Ter Set 26, 2017 4:26 pm

    Solicito uma missão


    __________________________________

    avatar
    MOD Argeu de Pégaso
    Cavaleiro de Bronze
    Cavaleiro de Bronze

    Mensagens : 36

    Status
    Nível: 6
    HP/Cosmo: 550/550
    Sentidos: 6° Sentido (V. Som)

    Re: Missões - Raj de Virgem

    Mensagem por MOD Argeu de Pégaso em Sab Set 30, 2017 1:28 pm

    ENREDO

    Está um dia muito frio e sem vida. As nuvens carregadas faziam parecer que o céu chorava em prantos, como se estivessem em luto, mas em um ponto em que a luz do sol transpassava toda a massa cinza e reluzia em uma pequena cabana em uma floresta, uma criança brincava feliz com seu pequeno cavalinho de madeira.

    - AAAAAAAAAAAAAAAA!!!! - Um grito foi ouvido por você que estava caminhando em direção a rodório para levar a encomenda de um livro para um ancião a pedido do Grande Mestre e nesse instante por milésimos de segundos um clarão surgiu bem suave da capa do livro.

    Como uma força irresistível, você se dirigiu até o local e encontrou apenas a cabana, mas logo depois em um pouso, a presença de um espetro se formou.

    - Sabia que isso atrairia você até aqui - Falou o espectro com um sorriso. A criança estava em seus braços e ao olhar para ela, você percebeu que o livro brilhava novamente conforme se aproximava.

    - Me de o livro! - Dizia o Espectro preparado para o combate.

    Objetivos

    - Você terá que explorar um pouco a cabana até o espectro chegar, encontre pistas e pode ficar livre para os detalhes da cabana.
    - O espectro é mais fraco que você, porém ele poderá matar a criança a qualquer momento, antes que tu pudesse fazer qualquer coisa. Assim, haja com cautela e barganhe sabendo que ele deseja o livro, mas você tem que concluir sua missão principal e salvar a criança que é uma menina.
    - Poderá lutar, mas lembre que qualquer movimento pode atingir a criança. Preserve a saúde dela.
    - Conclua sua missão principal e leve a criança junto, pois ela também faz parte da encomenda- entregar o livro para o ancião em rodório.


    __________________________________

    avatar
    Raj de Virgem
    Cavaleiro de Ouro
    Cavaleiro de Ouro

    Mensagens : 24

    Status
    Nível: 3
    HP/Cosmo: 650/650
    Sentidos: 7º Sentido

    Re: Missões - Raj de Virgem

    Mensagem por Raj de Virgem em Dom Out 15, 2017 2:18 pm


          Recluso na casa de virgem, o cavaleiro dessa mesma casa, encontrava-se. Em profundas meditações, como de costume, este repousava-se sobre seus aposentos. Iria fazer aquele fato pelo dia inteiro se algo inesperado não ocorre. Das escadas que davam ao templo, ouviu passadas curtas e repetitivas, sinalizando um aliado em potencial, certamente não era um cavaleiro de ouro, o modo de andar não beirava um, era de fato, um cavaleiro de uma casta mais inferior, que trouxera consigo uma carta do Grande Mestre, revelando-se um mensageiro deste. Durante a aproximação do mensageiro, este pairou, anunciando o princípio da cordialidade.
    - Mestre Raj, o Grande Mestre, enviou uma carta a você! O conteúdo dessa não foi relevado, no entanto, posso deduzir que é uma missão! – Num instante o mensageiro parou de falar, certamente estaria tentando se lembrar de algo. Logo que concretizou o ato, voltou-se ao diálogo. – Quase me esqueci, junto a carta à um livro, que deve levar consigo! O resto das informações está na carta! – Ao final das palavras, o mensageiro simplesmente virou-se, anteriormente a isso, recurvou-se em sinal de respeito ao virginiano, e logo saiu.

    Raj agora estava novamente sozinho em seu templo, de posse da carta do Grande Mestre, não tardou a abri-la, estava deveras curioso sobre o conteúdo da carta. Lendo-a, obteve de imediato o exercício da missão, não tardou a traçar algumas estratégias, duvidava que de fato, sua missão seria apenas uma entrega simples de um livro, cujo o destino era rodório.

    Não demorou até descer as escadarias do santuário, estaria por fim iniciando de fato sua missão. Desceu trajando sua armadura aurífera, ainda era dia, entretanto não parecia. As nuvens pesadas deixavam o céu com uma coloração acinzentada, deixando o dia certamente, com um tom mais fúnebre. As nuvens cinzentas certamente eram o prenuncio de uma precipitação a caminho, todavia o virginiano não se importou com o fator dia, estava totalmente voltado a missão, que nem perdeu tempo observando aquele dia incomum. Havia um motivo para este estar com trajando sua armadura em uma missão, que parecia ser simples, entretanto o Grande Mestre não o enviaria uma missão tão simples, talvez no caminho tornasse complicada, pelo menos era isso que o virginiano estava crendo.

    De posse do livro o virginiano andejava pela floresta, em passos curtos e vagarosos, desta vez, Raj admirava o entorno, de alguma forma aquela floresta trazia-o boas lembranças, da época de seu treinamento, certamente foram bons tempos, todavia seus pensamentos ruíram no instante em que seus ávidos ouvidos, captaram um grito ecoando pela densa mata. A julgar pelo seu intelecto, o virginiano logo traçou o rumo certo ao qual o ruído era proveniente, movimentando-se em contrapartida à sonoridade de outrora, certamente era um anúncio de alguém em perigo. Em velocidade, Raj investiu contra a floresta, em alguns segundos chegou próximo a uma casa, onde julgava ser a localização exata de onde provém o grito de outrem. Era uma casa paupérrima, uma caba que certamente, em algum momento do passado foi abandonada, esse tempo apesar de não determinado com tamanha exatidão, já era possível dimensionar que era algo maior que dez anos. Não tardou até adentra-la, não houve resistência da porta, assim que Raj tocou-a, esta tombou, logo de início, o virginiano notou os sinais de arrombamento, não havia denotado tamanha força para abrir a porta, ao simples toque ela rompeu, de fato, era uma pista sólida de arrombamento. Sob aquele recinto, certamente notou os claros sinais de uma possível luta corporal, de fato, havia vários objetos recém quebrados, no entanto, a singularidade no local, era que a cena, demonstrava um caráter desigual. O embate parecia ser desonesto, entre uma criança e/ou pessoa de força física desproporcional ao agressor, chegou a essa conclusão, devido à configuração do local, diversos objetos arremessados contra a porta, se não, em direção a esta. As pistas eram nítidas aos olhos atentos do virginiano, neste instante estava concluindo em seu subconsciente, uma cena do que ocorrera anteriormente naquela localidade, certamente haveria de ter alguma veracidade em seu pensamento. Concluindo o ato, simplesmente voltou-se ao local, procurando nas redondezas novas pistas que pudessem sanar algumas dúvidas que ainda perambulavam em sua mente.
    - É isso que você está procurando? Cavaleiro de Ouro! – Dizia uma voz fria, aparentava ser um espectro robusto, afinal, não temeu estar diante do santo de ouro. – Se é isso que você quer, então estou disposto a barganhar!
    Raj então virou-se em contraposto ao espectro recém-chegado, observou a criança presente no braço destro deste, pode observar também, o brilho incessante do livro, que estava sob sua posse, de fato, a criança fazia-o brilhar, era uma lógica simples, afinal o livro emitiu luminosidade no momento da aproximação da criança, julgar que fosse o espectro, era fora de questão. Em um ínfimo instante duvidou da barganha proposta pelo espectro, era certo que estes, eram peritos na arte da trapaça, todavia Raj já estava ponderando utilizar desse subterfúgio para enfim, reaver o objetivo principal da missão; modificou-se um pouco, agora deveria levar a criança consigo para a entrega, era indubitável, afinal a criança e o livro haviam de fazer um par singular, afinal por que outro motivo o livro iria brilhar de forma incomum? Não há outra alternativa, a não ser cair momentaneamente nas lábias do oponente.

    Raj entreolhou o livro e a criança, de certa forma, estava disposto a troca-lo. O espectro viu o movimento dos glóbulos oculares do rapaz, certamente simbolizava uma situação duvidosa, onde estava a ponderar a recente proposta. O inimigo em questão, largou a criança de seu palmo, deixando-a cair sobre o chão, em uma fração de segundo, Raj atirou o livro em direção ao antagonista, certamente haveria de ter um plano. E o fez, de fato, o virginiano mostrou-se bastante perspicaz, por meio de sua telecinese, imbuiu aceleração ao livro, que em velocidade debateu contra a face do antagonista. Devido a aceleração imposta, o impacto do livro infringiu bastante dano no espectro, ainda mais que o movimento fora sob incógnita, logo o emulo não esperaria tão ação.  No instante da colisão, o espectro pôs-se a trás, afim de ainda manter-se em pé, todavia seu campo visionário estava diminuto, devido ao livro em sua frente. Em uma fração de segundo, o virginiano investiu contra o espectro, de fato não gostava do embate físico, no entanto naquele instante era necessário, a proteção da criança era prioridade e a distância do inimigo e dessa era desprezível, logo qualquer técnica usada poderia atingir ambos os objetivos, não valeria o risco. Em seu movimento, estendeu seu braço destro, já na aproximação, alavancou seu punho de mesmo membro, contra a face antagonista, denotando bastante força, enviou-o ao longe, certamente havia infringido bastante dano no opositor. De fato, se mirasse no epicentro da face antagonista, atingiria o livro e certamente destruiria o, então optou pela manobra ofensiva na lateral, ao qual, lançou seu ataque, especificamente a parte direita do rosto do oponente, seu punho migrou com velocidade contra a têmpora do rapaz, certamente teria colocado ali um fim no embate, se não fosse pela armadura do espectro.

    O virginiano virou-se, apanhou o livro e deu-o a criança que agora residia a sua lateral, o brilho incomum do livro tirou momentaneamente a mente de Raj do embate, entretanto foi apenas por um breve segundo, logo sentiu novamente a cosmo energia do espectro, exalando de seu corpo mais uma vez. Em poucos segundos, o espectro investiu contra o virginiano, tolo, não sabia que o nível de poder entre os dois era grandioso. Raj levantou seu dedo indicador canhota apontando-o em direção ao oponente, por meio de seu dom telecinético, diminuiu gradativamente a velocidade de arranque do oponente, pairando-o próximo a este. A estratégia de vanguarda do espectro pôs-se por terra, assim como seu corpo também iria. O encurtamento da distância facilitou a ofensiva de Raj, que já enalteceu sua força, expurgando de seu punho canhoto uma quantidade exorbitante de cosmo energia, já em velocidade, migrou-a contra o peito antagonista, que sem reação, ainda estava surpreso com o facto de outrora, decaiu sobre o chão, agora sem vida. O ataque do virginiano atingiu em um ponto vital, o peito, a força do impacto foi tão vasta que destroçou o entorno da armadura espectral, de fato, foi uma grande quantidade de cosmo energia utilizada pelo virginiano. Em instantes, Raj apanhou o livro e a garota, agarrando sua mão, checou-a com os olhos, afim de encontrar alguma deformidade em sua derme, algo que tivesse infringido alguma dor na garota, todavia não encontrou, e logo voltou-se ao seu objetivo. Afim de agradar a jovem criança e tornar aquele momento singular, expurgou sua cosmo energia de sua derme, afim de conforta-la, além de oferecer uma segurança e transpassar felicidade momentaneamente.

    O momento da caminhada até o destino não durou muito, deposta na carta estava a localização exata do ancião, ao qual era seu objetivo final. Assim que chegou, tratou de entregar a garota em conjunto com o livro, abaixou-se ficando a mesma altura desta, proferiu um sorriso amigável, agradecendo-a pela companhia, transpassava isso apenas pelo seu sorriso e sua energia de outrora. Após tal feito, deixou-a com o ancião, concluindo assim a missão, seu próximo passo, voltar ao santuário.


    ∆ LYL - FG


    __________________________________


    Conteúdo patrocinado

    Re: Missões - Raj de Virgem

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom Out 22, 2017 1:15 pm