Fórum interpretativo dentro do universo de Saint Seiya.


    [ON Trama] A Imaginação Celeste

    Compartilhe
    avatar
    Iskandar de Sagitário
    Cavaleiro de Ouro
    Cavaleiro de Ouro

    Mensagens : 51

    Status
    Nível: 5
    HP/Cosmo: 600/600
    Sentidos: 6° Sentido (V. Som)

    Re: [ON Trama] A Imaginação Celeste

    Mensagem por Iskandar de Sagitário em Sab Nov 11, 2017 10:52 am



    On Trama: A Imaginação Celeste



    Ele caminha olhando para baixo, envergonhado. Quando enfim se coloca diante das portas que guardam a sala onde havia sido intimado a comparecer ele para dando um leve suspiro.
    Empurra as duras portas de madeira ainda cabisbaixo, caminha mais alguns passos a frente parando para logo em seguida ajoelhar-se e após tomar coragem erguer a cabeça fitando os olhos serenos porém penetrantes do Grande mestre.

    - Me- Mestre...

    Naquela hora um suor frio escorreu de sua testa, respirou fundo e engoliu a saliva em sua garganta. O mestre se aproxima dizendo um sermão com sua voz morosa que pouco a pouco parecia tentar minimizar os erros do cavaleiro até enfim perdoá-lo. Mas deixando claro, com um ar irônico até de que ele deveria arcar com a punição assim que retornasse.

    - Retornar... De quê?

    A medida em que o mestre lhe conta os planos a vergonha e o pesar de seus erros acometidos se esvaem, a esta altura estava boquiaberto surpreso demais com as decisões do mestre e de Athena para preocupar-se com suas trivialidades.
    Iskandar levanta-se incrédulo, só a ideia de que deveria resgatar um espectro, mesmo que Athena garantisse de que não se tratava de uma alma maligna, para o cavaleiro era no mínimo absurda.

    - O que será que planejam com isto?

    Ele sai do salão indo diretamente para a casa de Áries, onde pega as coordenadas com Allen, que lhe deseja boa sorte em sua missão.

    E Iskandar parte com punhos cerrados, estava efervescente com as palavras do patriarca ressoando em sua cabeça – "Eu quero que você vá até o local e resgate este Espectro. Por mais louco que isso seja, Athena deseja salvar sua alma..." Começava a se questionar se Athena era realmente tão benevolente ou tola a ponto de reviver um espectro de Hades.

    Mas no fim engoliu a seco a sua indignação, afinal eram ordens diretas do patriarca e da deusa, e se quisesse realmente entender o que pretendem com esta loucura deveria arcar com a tarefa de maneira complacente.





    O cosmo de Athena o leva até um local calmo e distante das ruínas de uma cidade por onde passou. Iskandar caminha até um montante de terra com o que parecia ser um túmulo e de onde ressoava o cosmo da Deusa.

    - Então é daqui... Mas que droga, poderiam ter dado esta missão a outro! - Ainda relutante, com o movimento das mãos sua habilidade em manipular o ar arranca a terra junto a tampa do caixão improvisado.

    Em pé de frente ao corpo páldo do que parecia ser uma garota, ele a encara com certa arrogância e então se agacha.

    - O que foi que ele disse mesmo? Ah é! "Seu corpo provavelmente estará inerte, morto, mas se o seu cosmo puro toca-lo, certamente reagirá com o de Athena e este espectro retornará do Yomotsu."

    - Nosso cosmo se eleva parar guardar Athena com as nossas vidas... - A cosmo energia do cavaleiro subitamente se acumula como uma pequena esfera na ponta de seu dedo. - Agarre-se a esta nova chance garota e me mostre que estou sendo tolo em achar que o Athena está fazendo é em vão... Caso contrário, a qualquer sinal eu mesmo me certificarei de que você não terá mais um corpo para onde retornar... - E fitou aquele rosto adormecido com seu olhar arrogante e inabalável.

    - Agora vejamos o que acontece! - E um sorriso se abre ao disparar a energia contra a espectro, que invade sacudindo bruscamente o corpo inerte da garota .







    __________________________________

    avatar
    MOD Sayuki de Benu
    Estrela Celeste Maior
    Estrela Celeste Maior

    Mensagens : 61

    Status
    Nível: 4
    HP/Cosmo: 650/650
    Sentidos: 7º Sentido

    Re: [ON Trama] A Imaginação Celeste

    Mensagem por MOD Sayuki de Benu em Sab Nov 11, 2017 12:54 pm

    A imaginação celeste
    Pequena Esperança
    Uma alma cansada precisa de descanso.



    O que é a vida quando não se pode ser realmente aproveitada?

    O corpo leve dava a pequena impressão de que somente estava flutuando na antiga escuridão dormente, algo que outrora havia envolvido meu corpo até o momento do despertar completo... Mas quando ocorrera esse despertar? De forma e lenta uma estranha luminescência esbranquiçada começava a passar de um ponto ao outro do vazio escuro e o que antes era o completo e puro silêncio, agora trazia o som de risadas e de poucos ruídos que faziam a mente cansada tontear completamente "O que é isso?" o pensamento se formou enquanto imagens luminosas passavam de um canto a outro deixando somente a plena curiosidade naquele momento.


    O que antes era escuridão, agora começava a tornar-se cinza claro e o corpo antes protegido pela sapuris de benu, agora se encontrava completamente nu contemplando o vazio "Onde eu estou?" novamente a mente cansada pensou. A mão esquerda moveu-se com certa preguiça, como se sequer tivesse forças para tocar em uma das imagens ali dispostas.


    A luz tomou conta inicialmente dos dedos, em seguida a mão e por fim inundou todo o local de forma tão luminosa que feria os olhos da mulher de cabelos escarlates. O que outrora era luz, agora se mostrava como uma sala completamente cheia de sangue, o corpo de uma mulher jazia sobre uma cama de metal enquanto outros dois caminhavam atrás de algo que a "espectadora" sequer conseguia se lembrar, entretanto de alguma forma conhecia o corpo que jazia pálido e sem vida sobre a maca "Sabrine... Minha doce Sabrine..." o pensamento não se externou em palavras, mas de alguma forma o mesmo parecia ecoar pelo local melodiosamente " o que eles fizeram com você, minha doce babá?" a destra da espectadora tentou tocar a face coberta da mulher, mas por algum motivo o pano que encobria a mesma foi puxado, a cama de metal agora era uma cama de rosas e os olhos outrora azuis agora eram completamente rosado.


    A mulher nada falou, somente encarava a face ensanguentada da espectadora "Estamos mortas, certo?" a pergunta formou-se na mente da espectadora escarlate e logo foi respondido com um suave aceno de cabeça "Você veio me buscar?" a pergunta não teve resposta, mas a espectadora não sentia raiva ou remorso naquele momento "Eu conheci o inferno, e sei que nossa caminhada será longa... acho melhor irmos, certo?" a afirmação final da alma cansada logo foi respondida e a destra de Sabrine fora de encontro à destra da espectadora "Vamos... o Yomotsu nos espera" por fim a mulher de cabelos escarlates falou, dando assim o fim definitivo para aquela lembrança; A escuridão novamente tomou conta do local, mas não durou muito mais do que segundos, dando em seguida o lugar a imagem de um longo caminho de pedras negras com várias almas caminhando pelo mesmo , aquele era o Yomotsu, o caminho das almas para o Meikai.


    Sayuki não conseguia sentir tristeza naquele momento, mas por algum motivo, sentia que aquele não era seu lugar... Ao menos não naquele derradeiro momento "Eu falhei" Pensou enquanto caminhava com as almas daquele local " Eu falhei com Hades... com Pandora... Com Akkarin e com a estrela de Benu, a qual me protegia. " a caminhada era lenta e gradativa, mas ajudava aquela alma cansada a pensar na vida que tivera "Eu Não me sinto mal por definitivamente partir, sinto-me mal por não ter ajudado meu senhor em seus propósitos... por não ter ficado um pouco mais de tempo ao lado de meu anjo e feito todas as pessoas do mundo sofrer como deveriam..." o pensamento findou-se na mente da mulher de cabelos escarlates e seus fios de sangue eram fáceis de notar por muitos e muitos metros naquele caminho "Ao menos ele cumprirá sua promessa e matará a marina de lymnares, como um ultimo desejo naquela terra" um suave riso sem som algum se propagou nos lábios de Sayuki que agora seguia olhando para o chão de pedra de forma lenta e vagarosa "Ao menos descansarei em paz..." o pensamento final fez a mulher fechar os olhos notando que a entrada do Meikai começava a se aproximar com os passos de todos aqueles mortos, mas algo parecia lhe incomodar e não entendia o que seria.
    Aos poucos as almas começavam a se distanciar com certo receio da mulher de fios vermelhos, porém a mesma nada entendia e seus pés logo chegavam até a beira daquela longa caminhada "É o fim..." pensou sentindo uma lágrima quente escorrer de seus olhos, entretanto pouco antes de mover o pé, sentiu uma espécie de abraço quente e confortável, não tinha ninguém ali naquele momento, Sayuki estava solitária e ainda sim sentia o abraço quente logo se transformar em uma aura dourada "O que é...?" a pergunta mal formada na mente de sayuki fez a mesma escutar uma voz resoar e de alguma forma agitar sua alma cansada - Agarre-se a esta nova chance garota e me mostre que estou sendo tolo em achar que o Athena está fazendo é em vão... por algum motivo a voz parou e fez a garota gargalhar sem externar som algum - Caso contrário, a qualquer sinal eu mesmo me certificarei de que você não terá mais um corpo para onde retornar... - a mesma logo saiu do caminho das almas e andou em direção oposta a todas aquelas que um dia devia ou não ter matado "Athena esta dando uma chance de redenção?" a alma pensou enquanto seguia solitária o caminho de retorno "Isso só pode ser piada" novamente gargalhou enquanto parou diante de uma esfera dourada que por algum motivo parecia chamar-lhe de volta para fora daquele local "Isso realmente me parece uma piada" sayuki novamente riu, mas dentro daquela alma, algo parecia alegrar-se com a chance de uma nova vida "Porque não?" pensou levantando a mão direita e levando a mesma em direção a esfera luminosa "Mostrarei o quão tola é por me trazer de volta a vida, Athena" Sayuki pensou enquanto sentia a luz envolver-lhe aos poucos.

    Seu cosmo aos poucos parecia dar pequenos sinais. De encontro aos lábios da espectro, pequenos globos luminosos caiam ao passo que o cosmo demonstrava-se presente naquele corpo, mesmo que ainda fraco. Um solavanco foi dado pelo corpo e em um movimento repentino, um suspiro longo foi dado evidenciando o despertar do corpo outrora sem vida alguma; Sayuki olhou para os lados de forma calma fintando todo o céu cinzento com as partículas gélidas que ainda caiam por ali ── Então... ainda estou nesse inferno gelado ? ── A voz melodiosa ecoou dos lábios da ruiva que com certa dificuldade levantou do que seria um túmulo ainda notando as feridas por todo o seu corpo, além de um corte em seu olho direito, dificultando a visão da mesma devido ao sangue, mas pode logo sentir o cosmo de alguém que não conhecia e com calma o fintou, deixando clara sua situação deplorável ── Então ... você veio terminar o trabalho de Farah de Lymnades? ──
    Thanks Tess


    __________________________________

    avatar
    Narrador
    Player
    Player

    Mensagens : 28

    Status
    Nível: 1
    HP/Cosmo: 100/100
    Sentidos: 6 Sentidos Comúns

    Re: [ON Trama] A Imaginação Celeste

    Mensagem por Narrador em Qua Nov 15, 2017 12:47 am




    A Imaginação Celeste




    O Cosmo do Cavaleiro de Ouro trouxera com êxito a alma de Sayuki de volta para o seu corpo, fazendo a jovem despertar do seu estado. Confusa por ter sido salva por Athena, mas sem perder seus traços, ela pergunta à seu “salvador” sobre o seu destino. No entanto seu corpo ainda está fraco e debilitado e ela perde a consciência antes de poder ouvir a resposta de Iskandar.

    O que havia restado da sapuris de Benu havia ficado naquele salão e, apesar da garota ter voltado a vida, o fato de Sayuki de Benu não existir mais não mudaria. Sem saber o que lhe esperava, ela agora estava nas mãos de Athena e do Santuário. O seu destino era a prisão do Cabo Sunion, mas ela certamente não despertaria tão cedo. Sua mente, no entanto, provavelmente não descansaria durante este período.

    A missão de Iskandar, em teoria, terminaria ao leva-la até o Cabo Sunion, mas a punição antes citada por Allister daria aos dois um contato mais íntimo e próximo, talvez para o bem, talvez para o mal. Apenas o futuro diria.

    IMPORTANTE

    - O próximo turno de vocês é o último.

    - A nova ordem de postagem é: 1° Sayuki / 2° Iskandar de Sagitário

    - Sayuki a ideia é postar sobre o que sua alma está "sentindo" com essa "morte" e o retorno a vida. Mas fique livre pra fazer o que quiser dentro do pouco que eu lhe dei.

    - New Legends -


    Créditos:  Zetto

    Conteúdo patrocinado

    Re: [ON Trama] A Imaginação Celeste

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Nov 21, 2017 12:56 am